terça-feira, 17 de outubro de 2017

Que orgulho da Embraer!


O primeiro voo comercial para a remota ilha britânica de Santa Helena, no Atlântico Sul, tocou o solo com segurança.


Uma das ilhas mais remotas do mundo FINALMENTE recebeu o seu primeiro voo comercial  no último dia 14 depois de um ano de atrasos porque os aviões não podiam aterrissar no aeroporto financiado pelo Reino Unido.

O voo SA Airlink com 78 passageiros deixou Johannesburg, África do Sul, em uma viagem de seis horas, aterrando na ilha do Atlântico Sul com total segurança para o delírio de todos os moradores e convidados que  testemunharam com admiração o momento histórico na  pequena ilha de pouco mais de 4 mil habitantes.
Famosa por ser o lugar onde Napoleão Bonaparte foi exilado e, eventualmente, morreu, Santa Helena só era apenas acessível de barco, com a viagem  que durava uma semana saindo da África do Sul. 


O aeroporto de Santa Helena foi construído a um custo estimado de  285 milhões Libras ( um pouco mais de 1 bilhão de Reais) financiado pelo Departamento de Desenvolvimento Internacional do Reino Unido e deveria ter sido inaugurado em maio do ano passado, mas o lançamento de voos comerciais foi adiado devido a condições de vento perigosas.

Em agosto deste ano, realizaram-se novos ensaios e o aeroporto acabou por receber autorização das autoridades de aviação sul-africana para o início das operações graças a uma aeronave de fabricação brasileira, o EMB190, que conseguiu fazer aterrissagens seguras com ventos de 90 Km/h durante os testes.
Isso mudou com a ajuda de um avião brasileiro. A única aeronave que provou ter condições de fazer essa ligação comercial com segurança foi o E190, da fabricante brasileira Embraer.... - Veja mais em https://todosabordo.blogosfera.uol.com.br/2017/10/14/embraer-e190-pouso-vento-forte-santa-helena/?cmpid=copiaecola
Isso mudou com a ajuda de um avião brasileiro. A única aeronave que provou ter condições de fazer essa ligação comercial com segurança foi o E190, da fabricante brasileira Embraer.... - Veja mais em https://todosabordo.blogosfera.uol.com.br/2017/10/14/embraer-e190-pouso-vento-forte-santa-helena/?cmpid=copiaecola

Os deputados do influente Comitê de Contas Públicas disseram que era "surpreendente" que ministros e funcionários não previram o problema com o vento.

Um relatório condenatório dos deputados publicado em dezembro do ano passado descobriu que o projeto do aeroporto "fracassou inquestionavelmente". Mas a Embraer consegui ajudar a consertar o erro. Isso coloca a Embraer em um novo patamar no cenário da aviação mundial.


.         Airlink: primeira operadora a pousar na Ilha de Santa Helena com um voo comercial.

 
 Vejam nos links abaixo como esse lugar é desafiador para a aviação e que, graças a Embraer , está agora conectado ao mundo.

https://www.youtube.com/watch?v=MXDieYvYrdU
https://www.youtube.com/watch?v=XwrrAOTuPCI 
Isso mudou com a ajuda de um avião brasileiro. A única aeronave que provou ter condições de fazer essa ligação comercial com segurança foi o E190, da fabricante brasileira Embraer.... - Veja mais em https://todosabordo.blogosfera.uol.com.br/2017/10/14/embraer-e190-pouso-vento-forte-santa-helena/?cmpid=copiaecola

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

EASA no Brasil! Aproveitem.

 Prezados seguidores do Blog,

Há muito venho falando sobre a EASA e tenho recebido muitos e-mails com solicitações de informações de como adquirir essa certificação aqui no Brasil. Fico feliz por ter estimulado essa discussão aqui no Blog desde o ano de 2009, pois à época ainda não se falava muito sobre isso pelas bandas "Tupiniquim".
A certificação EASA é uma certificação não tão simples de se obter e é um pouco diferente da dinâmica de certificação ANAC. Aqui no Brasil não havia meio, até então, de se conseguir fazer as provas e consequentemente obter a certificação B1.1 ou B2. Mas, neste ano de 2017, temos uma grata surpresa surgindo com a escola SKY Leader de Guarulhos, em SP. Essa instituição em parceria com uma instituição portuguesa está abrindo as portas para que o público brasileiro possa obter a licença EASA fazendo o curso e as provas aqui mesmo no Brasil. Isso é uma grande notícia para todos nós.
Para vocês que já são seguidores do blog, sabem que tenho varias postagens sobre o tema EASA e formação de profissionais de manutenção ; para quem está chegando agora, é só acessar  os links abaixo para ficarem por dentro das matérias. Disponibilizo também o link para a escola Sky leader para que vocês possam obter todas as informações necessárias de como se inscrever nos cursos dessa instituição. 
Fiquem à vontade para enviar mais e-mails com dúvidas caso ainda persistirem. Meu e-mail é josefernandesinst@gmail.com 
 
EASA no Brasil

https://fernandes-aerobrasil.blogspot.com.br/2009/04/certificacao-easa-para-mecanicos-de.html
https://fernandes-aerobrasil.blogspot.com.br/2010/10/qualificacao-do-pessoal-da-aviacao.html
https://fernandes-aerobrasil.blogspot.com.br/2010/06/novos-futuros-talentos-da-manutencao.html

domingo, 24 de setembro de 2017

Questionário Avionicos - Questões comentadas







Sistemas de Comunicação II.



1-Quando uma onda irradiada deixa a antena, parte da energia se propaga pelo solo, acompanhando a curvatura da terra. Esta onda  recebe a denominação de:

a)     Onda espacial;
b)     Onda terrestre;
c)       Onda Ionosférica

Comentário :  Quando uma onda irradiada deixa a
antena, parte da energia se propaga pelo solo, acompanhando a curvatura da terra e é chamada
“onda terrestre”. O resto da energia é irradiado pelo espaço em todas as direções. As ondas que atingem o solo entre o transmissor e o horizonte recebem o nome de “ondas espaciais”. As ondas que deixam a antena em um ângulo maior do que o formado pela antena e o horizonte são as “ondas celestes” ou “ionosféricas”.

2- Na transmissão de frequências relativamente baixas, a maior parte da energia irradiada encontra-se na :

a)     Onda terrestre;
b)       Onda espacial;
c)       Onda Ionosférica.

Comentário : Na transmissão de frequências relativamente baixas, a maior parte da energia irradiada está na onda terrestre. Como o solo é um mau condutor, a onda terrestre é atenuada rapidamente e, portanto, não é eficaz para transmissão a grandes distâncias a não ser que se utilize muita potência.

3- Como se chama o ponto entre a máxima distância de irradiação efetiva da onda terrestre e o ponto em que a primeira onda ionosférica volta à terra ?

a)     Zona de impacto;
b)       Zona de sombra;
c)       Zona de silêncio.

Comentário: A onda terrestre só é eficiente para
pequenas distâncias. Portanto, a zona entre a máxima distância de irradiação efetiva da onda terrestre e o ponto em que a primeira onda ionosférica volta à terra é uma área sem sinais de rádio chamada “Zona de Silêncio”.

4-Como é chamada a transmissão de frequências superiores à frequência crítica que se propaga em linha reta?

a)     Transmissão direta;
b)     Transmissão de Horizonte ótico;
c)     Transmissão de linha de visão.

Comentário: Como resultado, a única onda irradiada que pode ser usada para transmissão nessas frequências é a que se propaga em linha reta da antena transmissora para a receptora. Este tipo de transmissão é chamado “Transmissão de horizonte ótico”, e a onda irradiada é uma “onda direta”.

5- O que significa o termo Fading ?

a)     Oscilações no sinal de saída de um transmissor;
b)     Variação na intensidade do sinal defasado que chega ao receptor ;
c)     Variação na irradiação do sinal na entrada do receptor.

Comentário: Às vezes, uma antena receptora capta dois sinais provenientes da mesma antena transmissora e que percorreram caminhos diferentes, por exemplo: um sinal pode ser recebido diretamente da antena transmissora e o outro ser refletido por um objeto, digamos um avião. O resultado é uma variação na intensidade do sinal que chega ao receptor, denominada desvanecimento (“Fading”).


6-Qual o outro nome dado a antena Dipolo de meia onda ?

a)     Antena Faca
b)     Antena  dobrada;
c)       Antena  doublet ou Hertz

Comentário :   Quando os fios de uma linha de transmissão aberta são dobrados em ângulo reto com a linha, em um ponto distante um quarto de comprimento de onda do extremo aberto, forma-se uma antena simples conhecida como “Dipolo de meia onda” (“doublet”) ou “Antena Hertz”.
 



7- Como se chama a antena de um quarto de onda que tem um de seus extremos ligado à terra (massa) ?

a)       Básica;
b)       Vertical ou Marconi;
c)       Horizontal.

Comentário: O dipolo de meia onda ou antena Hertz é um tipo de antena básica de ampla aplicação em muitos tipos de equipamentos transmissores e receptores.
Outra antena básica é a vertical de um quarto de onda com um  extremo ligado à terra (massa), também conhecida como “Antena Marconi”. Se um dos elementos de uma antena Hertz for removido e o fio que estava preso a ele for ligado à terra, o resultado será uma antena Marconi.



8- Qual o valor aproximado da resistência de irradiação um  dipolo de meia onda ?

a)     7,3 Ohms;
b)     7,33 Ohms;
c)     73 Ohms

Comentário: O valor da resistência de irradiação pode ser determinado com a fórmula de potência
 R = P/I2, onde “P” é a energia irradiada pela antena e “I” é igual à intensidade da corrente no centro da antena.
Para um dipolo de meia onda, a resistência de irradiação é de aproximadamente 73 Ohms, medida no centro da antena.
Este valor é praticamente constante para dipolos de meia onda trabalhando em qualquer frequência.


9- A unidade fundamental da medida de frequência é:

a)     Farad;
b)     Hertz
c)     Rpm

Comentário:
Hertz (Hz)=   ciclos por segundo  (C/s)
Quilohertz (KHz) = quilociclos por segundo (KC/s)
Megahertz (mHz) = megaciclos por segundo (mC/s).
O termo frequência indica o número de ciclos (ondas completas) produzidos num determinado período de tempo.




sábado, 9 de setembro de 2017

Porque se tornar um mecânico de manutenção de aeronaves?



                                           foto : revistapegn.globo.com 
 
Ninguém nasce sonhando com uma determinada profissão na vida, mas acredito que todos nasçam com habilidades para serem estimuladas e daí se encaixarem nas mais diversas modalidades de profissões que existem na face deste planeta. Algumas profissões não necessitam de conhecimento científico para serem exercidas, pois o conhecimento é passado de geração para geração ou dos mais velhos para os mais novos pela repetição das tarefas. Outras profissões necessitam que se conheça profundamente as técnicas utilizadas  que são oriundas de estudos científicos e, por tanto, há a necessidade de se estudar a fundo os quesitos técnicos que são provenientes de experimentos empíricos. O certo é que para cada uma das habilidades que possuímos e são estimuladas há uma profissão correspondente onde um de nossos talentos e habilidades  irão se destacar.
A atividade relacionada a manutenção de aeronaves possui características próprias que fazem com que ela seja tratada com muito carinho e atenção, pois para exercê-la temos que ter um conjunto de conhecimento teórico bem fundamentado, experimentos empíricos e vivencia nas tarefas que são em sua maioria de grande complexidade. Ser mecânico de manutenção aeronáutica exige uma formação integral do ser humano que assim decide caminhar por essa vereda. Digo formação integral, pois não basta somente ser um bom técnico e conhecer tudo sobre mecânica de aeronaves, mas precisa também ter a consciência de que para ser um profissional gabaritado deve ter os princípios éticos e de segurança de voo entranhados na alma. A longevidade nesta profissão dependerá muito do que se aprender na teoria durante os cursos de formação, na vivência do dia a dia nas organizações de manutenção aeronáutica ou em companhias aéreas, no comprometimento com a segurança de voo e acima de tudo com a ética profissional.
Para aqueles que com o passar do tempo foram despertando o sonho de trabalhar na aviação civil na área de manutenção aeronáutica e que querem ser exemplo de profissionalismo para futuras gerações penso que seja importante estar atento não só as oportunidades como também as dicas de quem já trabalha nesse meio. Costumo falar aos meus alunos que na aviação só existem dois tipos de profissionais: os que querem trabalhar neste ramo por causa dos salários oferecidos pelo mercado e os que sonham ganhar dinheiro demonstrando o seu conhecimento e buscando se desenvolver a cada dia  faça sempre a seguinte pergunta : Porque eu quero me tornar um mecânico de manutenção de aeronaves?